Teclado Mecânico – Guia completo + recomendações!

O que é o teclado mecânico e quais são as suas características.

Se você está procurando por um teclado mecânico, ou apenas um teclado novo para seu computador, não sabe qual exatamente é o melhor tipo para você, ou se você quer apenas conhecer mais sobre estes periféricos, bem-vindo ao lugar certo.

Neste artigo serão apontados quais os teclados disponíveis no mercado e as suas maiores diferenças com o objetivo de te ajudar na decisão do seu novo periférico ou sanar algumas dúvidas que carrega sobre teclados mecânicos.

Em um primeiro momento, teremos de explanar os modelos disponíveis no mercado para estabelecer uma base de comparação entre eles. Após, apresentaremos então os teclados mecânicos, propriamente já citados. Assim você terá uma maior segurança ao decidir o que exatamente quer.

Basicamente o mercado de teclados é polarizado entre teclados mecânicos e teclados de membrana. Cada um desses modelos tem características diferentes e uma certa finalidade particular que deve ser levada em conta. A seguir serão explicadas as arquiteturas de cada teclado e como elas funcionam.

Teclado de Membrana

O teclado de membrana possui uma característica poderosa no meio empresarial e em locais com vários computadores, sua acessibilidade. É uma alternativa simples de produzir e de valor reduzido quando comparado ao teclado mecânico.

O preço de um teclado de membrana no mercado quase sempre está abaixo de $200 reais, se tornando uma excelente alternativa em ambientes corporativos ou para aqueles que não tem à disposição um orçamento mais elevado.

Esse teclado é composto de uma membrana de silicone ou material semelhante, estendida por baixo de todas as teclas, responsável pelo envio de sinais quando uma tecla e pressionada.

Diferente de um teclado mecânico, o de membrana não possui suas teclas separáveis, destacáveis, tendo apenas os contornos das teclas e seus símbolos impressos.

Isso compromete a qualidade das teclas após um bom tempo de uso, desgastando a impressão nas teclas e dando aquele brilho oleoso a elas. Tais elementos comprometem a qualidade visual do teclado também.

No teclado de membrana, sempre que uma tecla é pressionada há o contato entre as camadas da membrana que envia o sinal para o computador. Isso possibilita um problema conhecido como ghosting, que será explanado a seguir.

Devido à sua arquitetura, quando duas teclas distintas são pressionadas num intervalo de tempo muito curto ou estando próximas, o contato feito entre as camadas da membrana se torna difícil de diferenciar qual tecla foi pressionada de fato, computando uma e ignorando as outras teclas pressionadas.

Quando uma ou mais teclas são “ignoradas” temos o efeito ghost. Isso pode ser extremamente estressante para alguém que joga de modo competitivo, onde cada movimento é estrategicamente importante para a vitória. E esse problema é um detalhe crítico para o sucesso em uma partida.

Teclado Semi-Mecânico

Antes de entrarmos no teclado mecânico, há um tipo extra nessa disputa. Estamos falando do teclado semi-mecânico, que pode causar dúvidas em alguns leitores por ter um nome que engloba os dois mundos dos teclados.

Um teclado semi-mecânico pode parecer apenas um teclado mecânico mais barato, que é o mais evidente frente ao mercado de periféricos. Porém, isso não passa de um grande equívoco por parte de muitos.

O teclado semi-mecânico é, nada mais do que, um teclado de membrana que aparenta ser um teclado mecânico. Por questões de estética, um teclado semi-mecânico possui uma mola para ter um barulho relacionado ao de um teclado mecânico, mas se mantém com os circuitos gerais de um teclado de membrana.

Teclado Mecânico

Partindo para o foco inicial deste artigo temos o teclado mecânico. Diferente do teclado de membrana citado, o teclado mecânico é feito com um sistema de acionamento individual de suas teclas.

Apenas nesse detalhe já temos um dos problemas do teclado de membrana resolvido. Cada tecla possui seu próprio switch, sendo essa uma chave conectada por uma mola que envia o sinal para o computador, substituindo o conjunto de camadas de membrana.

O detalhe de cada tecla ter seu próprio sistema de envio de sinais reduz a incidência do problema de “ghosting”. Por essa razão, é muito comum se encontrar pelo mercado teclados mecânicos com a função “anti-ghosting”. Que seria um modelo mais dedicado para eliminar esse problema.

Devido à essa substituição, os teclados mecânicos se tornam mais custosos em relação aos de membrana. Os materiais usados os tornam mais caros e não é comum vê-los em ambientes corporativos.

Logo, pode-se esperar que a maior desvantagem de um teclado mecânico é o seu preço. De opções numa faixa menos exorbitante de $250 até teclados mais exigentes ultrapassando $1000, os teclados mecânicos demandam um investimento maior do que outros modelos.

Mas, afinal de contas, o que seria “switch” de um teclado mecânico e qual suas vantagens? Pois isso será explicado a seguir, assim como os principais tipos existentes e os disponíveis no mercado de teclados mecânicos no Brasil.

Switch é um mecanismo mecânico, o que justifica o nome do teclado, constituído de uma mola e do metal para fechar o circuito da tecla. Pode ser linear com uma distância de ativação curta, assim como pode possui um feedback sonoro com uma distância maior de ativação.

Cada tipo possui um conjunto de características próprias para uma atividade e para um tipo de consumidor, basta você descobrir o melhor tipo de switch para se encaixar no que você procura e precisa.

Fabricantes de switches são várias, porém a que possui mais destaque no mercado é a Cherry, também recomendada pela qualidade e confiabilidade da marca. Outras fabricantes como Kailh e Outemu são presentes no mercado, mas não atendem a crescente demanda de switches mecânicos anualmente.

A partir disso, abordaremos apenas os modelos da Cherry no mercado. Sem mais delongas, entraremos a seguir com os principais tipos de Switches existentes e citaremos em cada tipo a sua disponibilidade no mercado brasileiro.

63d6e74f9a8a4dbaaae6dcaed0b76479 - Teclado Mecânico - Guia completo + recomendações!
Os switches citados no artigo que estão disponíveis no mercado brasileiro.

Switches Lineares

Teclados mecânicos que possuem switches lineares passam uma sensação de suavidade e consistência. Sem um som de “click” e sensação tátil quando alguma tecla é pressionada, possibilita uma rápida reação com pouca resistência.

Popular entre jogadores mais acelerados, com necessidade de pressionar teclas rapidamente. Porém, a falta de resistência quando se pressiona uma tecla pode causar alguns acidentes pressionando outras teclas.

Switches lineares foram os primeiros modelos a serem criados, em 1984. No Brasil, comumente, são encontrados os switches lineares Cherry MX Black e Cherry MX Red.

Switches táteis

Os switches táteis recebem seu nome pelo feedback tátil que proporcionam. Diferente dos lineares, neste modelo quando uma tecla é pressionada você consegue, de fato, sentir que pressionou a tecla.

Esse detalhe aumenta a precisão com que as teclas são pressionadas, eliminando o problema do tipo anterior, que seria pressionar outra tecla por engano ao invés da tecla desejada. Isso o torna um modelo ideal para pessoas que preferem um pressionamento exato de teclas.

No entanto, por possuir esse sistema de indicação de tecla pressionada, acaba acarretando a uma desvantagem desse tipo de switch. A velocidade de digitação acaba sendo reduzida por possuir o detalhe responsável pelo feedback físico das teclas.

Introduzidos em 1994, os switches táteis foram reconhecidos como “ergonômicos” pela característica de feedback tátil que possuíam. No mercado brasileiro podemos citar o modelo Cherry MX Brown como exemplo de switch tátil.

“Clicky” Switches

Esse modelo é facilmente reconhecido pelo som que produz quando uma tecla é pressionada. Similar ao switch tátil, este switch possui um sistema de feedback tátil e, além disso, um som distinto de “click”, que é mais alto do que os outros modelos.

É a melhor opção para digitação pelo alto feedback tátil quando se pressiona uma tecla. Mas, novamente similar ao switch tátil, a força necessária para pressionar uma tecla acaba por desacelerar o processo geral.

Devido ao feedback sonoro ser mais alto, esse modelo de switch não é recomendado em ambientes que exigem uma maior concentração ou são mais estressantes por si só. Por conta do barulho do teclado, ele pode ser um incômodo em tais ambientes.

Um exemplo desse modelo de switch é o Cherry MX Blue, que foi o primeiro desse modelo, apresentado apenas em 2007.

Switches Razer

razer keyboard switch - Teclado Mecânico - Guia completo + recomendações!
Os três tipos de switches nos teclados mecânicos da Razer.

À parte dos switches citados acima, nos teclados comercializados dentro do mercado brasileiro, temos um modelo que também merece certo destaque. Diferente dos outros modelos, estes são exclusivos de uma marca, Razer.

Com um grande nome no mercado de periféricos por todo o mundo, a Razer se mostra uma empresa com produtos de extrema performance e qualidade. Apesar de que, por consequência, também é reconhecida pelo preço de seus produtos.

Mantendo um diferencial de muitos dos seus concorrentes, a Razer possui em seus teclados mecânicos switches de sua própria fabricação. Apesar de similares aos outros modelos, a empresa possui em seus produtos os switches Razer Green, Razer Orange e Razer Yellow.

O switch Razer Green, com feedback sonoro assim como tátil, é semelhante ao Cherry MX Blue. O Razer Orange compartilha características com o Cherry MX Brown, sem o detalhe sonoro, porém mantendo o tátil.

Por fim, temos o Razer Yellow, que se assemelha ao Cherry MX Red, sem feedback sonoro ou tátil para o usuário. No entanto, vale dizer que o switch Razer Yellow possui ponto de atuação 1.2mm, que difere dos 2mm do outro modelo. Isso acarreta a uma digitação mais rápida.

Customização no teclado

671954z 1 300x179 - Teclado Mecânico - Guia completo + recomendações!
Alguns teclados podem ter switches e keycaps customizados

Diferentes dos teclados de membrana, os teclados mecânicos possuem suas teclas separadas do restante do teclado. As keycaps, peças que possuem o símbolo do teclado, podem ser retiradas e trocadas como o usuário quiser.

Essa característica proporciona um alto nível de customização do teclado mecânico, podendo ter teclas de diferentes cores e formatos, desde que sejam compatíveis com o switch. Ou você pode simplesmente trocar as teclas de lugar e observar o caos que isso pode causar.

Existem modelos de teclados mecânicos que possuem teclas extras para proporcionar essa experiência de customização do produto para o usuário. Alguns modelos até facilitam o trabalho por incluírem uma peça exclusiva para retirar as keycaps.

Normalmente as keycaps extras são as setas direcionais, as letras WASD e, em alguns modelos, os números de 1 a 4. Tais opções de keycaps foram escolhidas devido ao elevado número de gamers que compram o produto, ou que são o público alvo do mesmo.

Alguns modelos de teclados mecânicos possuem até mesmo switches extras para customização das teclas. Assim é possível colocar o switch de sua preferência nas teclas que desejar. Como, por exemplo, switches mais precisos nas teclas de habilidades de personagem, caso esteja buscando uma experiência gamer com o periférico.

Nossa opião sobre os teclados mecânicos

Aqui encerram as tantas explanações sobre teclados, suas características e as peculiaridades de cada modelo deste artigo. Agora resta a você, caro leitor, a decisão de qual periférico se encaixa mais com suas vontades.

Se você está precisando de um teclado novo mas não quer gastar muito ou não pode, o teclado de membrana é a sua escolha. Com o grande diferencial do preço, se você não está focado em precisão, não há motivo para gastar mais do que o necessário.

Com um teclado semi-mecânico você atingirá uma precisão melhor do que com o de membrana, assim como terá uma sensação de um teclado mecânico e uma durabilidade maior. Entretanto, acabará sendo mais custoso do que o outro modelo.

Agora, se você está procurando um produto de precisão que ficará com você por mais tempo do que você possa querer, este é o teclado mecânico. Caso o preço não acabe sendo o foco na sua escolha, então o teclado mecânico, sem dúvidas, será a melhor opção para você.

Qualquer que seja sua escolha, esperamos que este artigo tenha lhe ajudado a fazer a decisão do seu próximo teclado mecânico. Se o ajudou e você gostou dele, compartilhe com seus amigos, talvez você pode estar ajudando eles assim como te ajudamos.